Escola Paulista de Medicina
Postgraduate Program in Urology

teste 20ago2019 legenda

Prof. José Bonifácio Medina
Prof. José Bonifácio Medina

A Ginecologia iniciou suas atividades em 1938. Nessa época, o Departamento era de Tocoginecologia, incluindo a Obstetrícia.

O primeiro catedrático do Departamento de Tocogiencologia foi o Prof. José Bonifácio Medina , no período de 1938 a 1966.

As atividades do Curso de Ginecologia foram desenvolvidas, inicialmente, em uma mansão da Rua Conde do Pinhal, onde funcionavam os ambulatórios.
Prof Medina, em 1938, tinha como colaborador e Chefe de Clínica, o Dr Sylla Orlandini Mattos e como seu assistente, o Dr José Gallucci, que se desligou da clínica em 1940
Em 1941, inaugurou-se a Enfermaria de Ginecologia, no terceiro andar do Hospital São Paulo, com 12 leitos. Tudo foi possível graças ao desprendimento do Prof. Medina que, com proventos de sua clínica particular e alguns auxílios financeiros de entidades civis e estatais da época, montou e deu início às atividades na novíssima enfermaria.


Além do Chefe de Clinica, Dr Sylla O Mattos, eram assistentes da Disciplina Dr. Celso Menzen de Godoy, Dr. Octaviano Alves de Lima Filho, Dr. Klaus Mirim Rudolph, Dr. Camilo Novelo Filho, Dr. Carlos da Silva Mello, Dr. Paulo Botassi e Dr. Sylvio Rebelo da Cunha.

Dr. Octaviano Aves de Lima Filho
Dr. Octaviano Aves de Lima Filho

Dr. Sylla O Mattos conquistou, em 1942, o Título de Livre Docente de Ginecologia da Escola Paulista de Medicina, sendo então substituído na chefia de clínica pelo primeiro assistente, Dr. Celso Menzen de Godoy, que se tornou Livre Docente em 1949, desligando-se do serviço logo depois.
A convite do Prof. Medina, passou a ser Chefe de Clínica o Dr. Octaviano Alves de Lima Filho, que regressara de estágio de 3 anos nos Estados Unidos da América. Prof. Octaviano havia estagiado no Departamento de Ginecologia do Bom Secours Hospital, Serviço do Prof Emil Novak e também no Johns Hopkins Hospital, serviço do Prof Richard W. Te Linde, em Baltimore.
No cargo de Chefe de Clínica e primeiro assistente de Disciplina esteve, então, o Dr. Octaviano Alves de Lima Filho, de agosto de 1949 até 1966, substituindo Prof. Medina como Professor Regente.
Após concurso para título de Livre Docente em março de 1967, assumiu o cargo de Professor Titular do Departamento de Tocoginecologia, e a chefia da Disciplina de Ginecologia.


Prof. Octavio de Carvalho
Prof. Octavio de Carvalho

O Departamento de Tocoginecologia foi organizado em 1968, a partir da união das Cátedras de Ginecologia e de Obstetrícia, sendo dirigido por um Conselho de Departamento, com a representação de professores adjuntos, assistentes e auxiliares de ensino e elementos do corpo discente.
No decorrer dos anos sessenta, foram construídos o Edifício Prof. Jairo Ramos e o Edifício Prof. Octavio de Carvalho, contíguos ao Hospital São Paulo, onde foram instaladas as novas dependências ambulatoriais da Disciplina.
Gradativamente, surgiram os setores Prevenção do Câncer Ginecológico, posteriormente transformado em setor de Oncologia Ginecológica; Mastologia; Esterilidade Conjugal, convertido em setor de Reprodução Humana; Ginecologia Endócrina e Ginecologia Infanto-Juvenil.
Simultaneamente, a enfermaria de Ginecologia passou a ocupar uma ala do sétimo andar do Hospital São Paulo, dispondo de 21 leitos destinados ao ensino e à pesquisa.


Dr. Geraldo Rodrigues de Lima
Dr. Geraldo Rodrigues de Lima

No período de 1967 a 1977, foi expressiva a produção científica da Disciplina de Ginecologia, com ativa participação em Congressos e Jornadas nacionais e internacionais, múltiplos trabalhos publicados, alguns laureados pela Academia Nacional de Medicina e Associação Paulista de Medicina, além de defesas de doutoramento, entre as quais as dos doutores Laurival De Lucca (1967), Waldemar Diniz Pereira de Carvalho (1967), José Vasserman (1971), Nelson Valente Martins (1974).
Destacam-se, ainda, as teses do Dr. José Baptista da Silva Neto (1972), chefe do setor de Mastologia do Instituto Central Hospital A. C. Camargo e da Dra. Maria Aparecida Paal (1974), do Departamento de Obstetrícia e Ginecologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.
Titularam-se como Livre Docentes os professores Klaus Mirin Rudolph (1969), Waldemar Diniz Pereira de Carvalho (1973), Jose Vasserman (1973).
Em 1974, titularam-se como Livre-Docentes, o ex-professor assistente da Disciplina de Ginecologia e então chefe do Departamento de Obstetrícia e Ginecologia do Hospital do Servidor Público do Estado de São Paulo, Dr. Geraldo Rodrigues de Lima, bem como Dr. Sebastão Piato, professor pleno do Departamento de Obstetrícia e Ginecologia da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.
Por concurso e prova de títulos, alcançaram o cargo de professor assistente pela Ginecologia Dr. Nelson Valente Matins (1971), Waldemar Kogos (1973) e Shigueo Matsubara (1977).
No concurso para professor titular, em outubro de 1978, classificou-se em primeiro lugar, na área Ginecologia, o professor Geraldo Rodrigues de Lima. Assim, nesse momento, a disciplina de Ginecologia passava a ter dois professores Titulares

Artigos Relacionados - Informes

15 Dec 2021 08:39

O Programa de Pós-graduação em Urologia torna público a abertura de inscrições [ ... ]

Informes
01 Jan 2020 11:05

O Programa de Pós-graduação em Urologia torna público a abertura de inscrições [ ... ]

Informes
03 Apr 2017 08:42

 

Teaching and Research Clinics

Clinic name Layout

Human Reproduction Clinic

1 [ ... ]

Informes

© 2013 - 2017 Escola Paulista de Medicina - Universidade Federal de São Paulo - Unifesp

Rua Napoleão de Barros, 715, 2º andar - Vila Clementino São Paulo - SP • CEP 04024-002
+55 11 5576 4848 VoIP 4086  •   ppg.urologia@unifesp.br